Poesias

CORDIAL

CORDIAL

Deixa-me como tributo um abraço,
Que o beijo moço o tempo desconta
Da velhice deste coração lasso
Devoto ao sonho que a razão confronta.

Em silêncio e distância é que refaço
Canto e comunhão do que foi sem conta,
E exuma o passado o futuro passo
Que irá do escuro ao claro que desponta.

Depois, braços em curvas paralelas
Para o traço de outra geometria
Formarão quatro luas nas janelas

Dos olhos abertos a um novo dia
E eis que luz solar entrando por elas
Fará do peito ateu uma abadia.

(E. Rofatto)

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

E. Rofatto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Poeta Edvaldo Rofatto, primoroso seu soneto! 

    E essa cordialidade dos seus versos contagia

    os corações mais secos! Lindíssimo! Bjs.

    • Grato, Mena! Ter a apreciação positiva dos amigos é sempre motivo de felicidade!

      Ainda mais quando escrevem lindamente!

  • Perfeito amigo Edvaldo! A paz.
    • Grato, Eduardo! Sua visita e a gentileza do seu comentário: uma satisfação para mim!

  • Não me resta outra alternativa agora

    a não ser orar para a Santa Hipocrisia

    para não me desanimar criar sonetos

    depois de ler este Soneto em Poesia!!

    ...

    O que falar mais do que já foi bem dito?

    Como suplantar o Belo além do Bonito?

    Eu que de Sonetista un aprendiz normal

    Me sinto agora qual um Poeta Neandertal!

    .......

    NOSSOS KALOROSOS ZAPLAUSOSSSSSSSSSSSSSSS!!!

    gaDs

    • Ô Zeka, obrigado pelo cuidado e atenção para com meu texto.

      A formatação ficou um prodígio de técnica e de beleza: parabéns!

      Sua resposta poética é mais um indicativo da sua diferenciação.

      Um amigo especial, você, Zeka!

  • Edvaldo, simplesmente viajei em teus versos!!! Que melodia inebriante!!

    Toca fundo a alma!! Parabéns.

    Li, reli e declamei em voz alta, sentindo o arrepio na pele.

    Belíssima!!

    • Grato, Angélica! Fico feliz com a sua visita e agradecido pelo comentário e destaque!

      Um privilégio ser lido por você, ter a sua presença aqui e a sua amizade!

  • Sua poesia, além de rica em erudição, é de uma sonoridade primorosa que inebria a alma de quem a lê.
This reply was deleted.
CPP