Poesias

Senhor Nicolau e dona Matilde


Senhor Nicolau, um velhinho rabugento de 85 anos, que sempre andava irritado
Com as coisas da vida, mas que nunca perdeu a sua essência de cavalheiro
Com a sua esposa dona Matilde.

Por sua vez, dona Matilde, uma senhorinha de 79 anos, que sempre deu a vida
Pelos cuidados da casa e do seu esposo rabugento, senhor Nicolau, que
Casados há 61 anos, sempre viviam entre tapas e beijos.

Mesmo dona Matilde zangada com seu esposo Nicolau, ele sempre
Andava atento e cuidando daquela que havia prometido
amor eterno até o fim das suas vidas.

Senhor Nicolau costumava  escrever poemas para a sua amada
Desde a sua mocidade, e em um eles, dizia assim:

Na infinita sabedoria,
Deus fez o amor,
Juntou nossas vidas
Nos planos do criador.

Jilmar Santos

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Estou navegando por aqui para me relaxar com coisas gostosas em seu texto.

    • Obrigado, Poeta SAM!

  • Que texto mais encantador
    Meus parabéns poeta
    Paz e luz sempre
    • Obrigado, Ana! Boa semana

  • Um poema lindo em forma de oração, emocionou meu coração

    • Obrigado, poeta!

This reply was deleted.
CPP