Inspirações

DESCULPE-ME

DESCULPE-ME
 
(sem a letra A)
 
Desculpe-me por eu escrever seu nome sem você querer. É porque sou enxerido e procuro me divertir, sem querer denegrir teu modo de ser. Sem nenhum pretexto, venho pedir seu consentimento, no que lhe diz respeito.
Seu nome só irei dizer em momentos oportunos, se você permitir, porém, digo e repito que gosto muito de você, és meu tudo, meu desejo puro e límpido, como lembro você! Seu jeito simples, meigo e belo, por isso seu nome escreverei em meu peito; no livro do meu viver.
Te quero e sempre vou ter você comigo, no meu ser protegendo-me do jeito ermo. Volte meu bem e perdoe, por ter escrito seu nome sem você permitir. Simplesmente o seu querido.
 
Israel Batista
Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP