Inspirações

É Oque Me Move

Me sinto impotente
Pois existe uma ruína
Parece tão distante o caminho
Entre o sonho e a conquista
Por mais que eu corra
É tão longa a caminhada
Sinto o peso em minhas costas
É duro suportar a carga do cotidiano, 
a rotina do trabalho para casa
Eu não vejo evolucão
Minha vida está estagnada
A tristeza se aloja
Mas não posso desistir
A perssistência é o que me move
E é oque me faz seguir
Mesmo que este combatente
Nesse momento
Se encontre fragilizado
Existe algo bem maior
Que me resgata desse estado
E  me devolve a inspiração
E a fé ao caminhar
E me renova cada manhã
Para vitória alcançar
Para que essa tal tristeza
Não mais me faça de refém
Pois cada obstáculo superado
É o que me faz ir mais além
Me aproximando cada vez mais
Dos meus objetivos
E me devolvendo a paz
E os pensamentos positivos

Everaldo Magalhães

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Everaldo Magalhães

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Congratulo pelo belíssimo tópico! Prossiga sempre nos presenteando.

    • Obrigado pelo comentário Sam Moreno, abraços

  • Diariamente, o peso do cansaço, do estresse, da correria dos afazeres que nós mesmos nos imputamos ou que recebemos no trabalho e temos que aceitar, muitas vezes nos fazem exaustos.

    Aplausos a ti pelo poema.

    • Obrigado Edith Lobato, abraços!

  • Lindo e triste,poeta!

    Aplausos

    Ciducha

  • Magnífico, Everaldo! Parabéns pelo texto!

    • Obrigado Jilmar Santos, abraços!

  • UM intensa desilusão que esta dentro do seu coração

    • Algo passageiro José Carlos, nada como um novo amanhecer para renovar esperança, para seguir na caminhada.

This reply was deleted.
CPP