Inspirações

Escrevendo uma nova história...

O dia do inevitável adeus,

não foi de imediato um alívio,

mas sim, um grande peso,

mas sim, um indesejável, fim...

....

Foi, como ver uma construção desmoronar,

Foi, como arduamente plantar e não vingar,

Foi, como ver sonho em mera ilusão voar,

Foi, como sentir o chão, desabar...

....

Não se pode viver uma mentira

é um engano que faz esvair a vida,

tira o folego, prende o respirar,

na luta pela vida, preciso foi buscar, ar...

....

Hoje, sigo um novo caminho

Hoje, estou reconstruindo meu cantinho

Hoje, meu sorriso vem da alma

Hoje, a liberdade bate palmas...

.

*Glaucia Amaral

10/12/17

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Glaucia Amaral

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    • Amiga Marso, amei a formatação, muito grata pela visita e pelo carinho...bjssss mil!

  • Gestores

  • Gestores

    Muito bonito Glaucia. Beijos

    • Grata pela visita, amiga Margarida. bjs

  • Lindo seus versos!

    Beijos

    • Agradecida, amiga Ciducha. bjs

  • Um poema tocante. Momentos que nossos corações grita aquele dor que fica dentro de nosso ser

    • Verdade amigo José Carlos, grata pela visita e comentos.

This reply was deleted.
CPP