Poesias

ESPERANÇA



O sol nasceu
Imprevisível e radiante
Nem pensei que o veria hoje
... Mas cá está,
quente e acariciante,
mais belo do que nunca antes.
E de repente um raio incidiu sobre o pé de acerola,
como uma esmola à minha poesia.
Uma flor,
pequena, branca e serena
Desde maio não a via
Poesia
Promessa de bonança
e dias de esperança.
Tomei uma xícara de café e segui para a lida,
mas hoje o verso está mais leve...
.... Oxalá que a dor releve
e floresça o fruto
no outro dia.
Se o sol tornar à nascer.

Elisa Salles
@Direitos autorais reservados

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • A esperança e s essência doa sonhos, belo poema

  • Adm

  • Mais um belo poema!

    Bjs

  • Lindo poema Elisa Salles, parabéns!
  • Torçamos para que o sol sempre brilhe pra você e bem da poesia que como flor; brota de seu coração!...

    MEUS APLAUSOS.

  • Belíssimo poema, Elisa! Parabéns!

  • E que nunca nos falte à esperança de dias melhores. Obrigado em nome da literatura - e congratulações.

This reply was deleted.
CPP