Poesias

Fantasia (Desafio de Edith)

Fantasia

 

Ao raiar do dia a lua será ofuscada

Escondida entre os raios claros da aurora

O encanto perderá, não será mais lembrada,

Não trará inspiração para o poeta como outrora.

 

Pensativo, traçará versos sem rimas

Emergido em alucinações triste chora,

A lua é sua faceira menina,

Perdera na imensidão e agora?

 

O poeta resmunga clamando ao céu

Que devolva sua inspiradora candura

E ao longe a vê coberta com véu

Tremeluzente com sutil formosura.

 

Feliz, o poeta o papel devora

Traça a mais bela poesia com palavras puras

Citando a lua desfilar pela aurora

Abraça o que vê e a sua fantasia depura.

 

Márcia A Mancebo

20/11/2017

 

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Um lindo e maravilhoso poema, que nos encanta

  • Márcia, aplausos para sua inspiração! Lindos

    versos! Bjs.

  • Que a inspiração continue sendo sua companheira diária para que desfrutemos da beleza de teus versos. Lindo!

  • Lindíssimo ! Ah...a Lua é sempre inspiração para os poetas.

    Parabéns. Um beijo carinhoso.

This reply was deleted.
CPP