Poesias

Festa de Arromba

Festa de Arromba

Não se deixe ficar na fila de espera, o tempo
que passa é somente o teu. Não é assim que
o amor prolifera nem sempre Julieta encontra
o seu Romeu.
Não é o mundo que não te quer, nem o sol que
nas dunas cegas, não se derrama, ou aquele que se
desfaz e tece a obscura trama, para poder preencher
esta enorme lacuna que esta no coração, daquele
que não se ama.
Faça dos teus dias uma festa de arromba e se cubra
de rosas e sinta que se ama, suba teus olhos aos céus
como uma pomba e voe sorridente livre sem fazer
nenhum drama. E se tudo isto não der certo melhor
então se conformar se o amor para você está encoberto
melhor será comprar um terço e rezar.

Alexandre Montalvan

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP