Inspirações

Lesão

Lesão

Aquele amor que fora tudo em minha vida,

Trouxe para meus dias infinda ilusão 

e preenchendo lacuna que de envelhecida 

enraizara e espalhara em ramificação.

 

Aquela folhagem linda qu 'eu contemplava.

Quando nós dois passeávamos com as mãos dadas,

Os pássaros ao me ver passar gorjeavam,

pois meus olhos eram contas iluminadas.

 

Amor que por bom tempo o coração habitara 

acordara o sentido mortiço e voara 

levando a luz intensa das belas noitadas.

 

Entendi tudo, o que é bom dura pouco e nada 

deixa, a não ser enorme saudade tal fel.

E n'alma uma lesão dolorida e cruel.

 

Márcia A Mancebo 

11/04/2018

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Eba, consegui trazer aqui...que delicia !

  • Parabens poeta querida.eu amei!

    Aplausos de pé

    Bjs

     

  • Adm

    Maravilhoso poema, Marcia.

    Caminhas em terras bem férteis.

    Parabéns!

  • Parabéns, poetisa amiga, poema lindo, primoroso, adorei.

    A saudade é um monstro de muitas cabeças...

    Sou seu fã.

    Abraços, paz e Luz!!!

  • This reply was deleted.
This reply was deleted.
CPP