Inspirações

Gestores

Mas o que é amor, afinal?

MAS O QUE É AMOR, AFINAL?


E olhando para a criança
– de cinco ou seis anos –,
pergunta durante a conversa:
E o que é odiei?
Ouvindo a seguinte resposta:
Odiei é uma coisa que você não gostou.
Pergunta também à menininha:
E amei?
Ela pondera:
Amei é algo que tem a ver com amor.
As outras perguntas dele, infelizmente,
não obtiveram respostas:
E o que é amor, Eduarda?
Hein?
Você não sabe?
(e o silêncio tomou conta)


Adriano Antonio Pereira

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –
Gestores

Adriano Antonio Pereira

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    Quando o silêncio toma conta é porque ali nasce reflexão.

    Belo poema, Adriano.

    Parabéns!

  • Excelente texto, Adriano.Parabéns!!!

    Marsoalex disse tudo.

    Bjs

     

  • Gestores

    Na idade em que, apenas, sentimos, fica difícil dar nome aos sentimetos... Por exemplo: um dos meus filhos, quando tinha três anos, me disse que se, o amor era algo muito grande que se sentia por dentro, era uma dor de barriga.
    Excelente!

This reply was deleted.
CPP