Poesias

MINHA MENINA (LARA)

 

Nasceu sorridente nas plagas do Norte

Distante do berço de seus ancestrais

Menina faceira, trigueira, charmosa

Encanto e alegria de  seus jovens pais

 

Desde pequenina voluntariosa

Menina querida, esperta, dengosa

Primeira da classe, muito estudiosa

Encheu de esperança os pais orgulhosos

 

A minha menina muito talentosa

Exemplo de vida para os seus irmãos

Pedra preciosa, brilhante, formosa

Amou sempre os pais com grande afeição

 

Aquela  menina que a vida mudou

Um botão de rosa que desabrochou

Será para mim a eterna menina

Indelével lembrança que não apagou

 

O tempo correu e a vida passou

A minha pequena cresceu, debutou

Um sonho real que se transformou

Em linda mulher que o mundo ganhou

F.J.TÁVORA

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Parabéns, poeta, poema lindo, primoroso, adorei. Abraços, paz e Luz!!!

  • Versos Primorosos..., embalados por um amor verdadeiro, intenso & eterno. Aplausos Poéticos com alegria e muito carinho!
  • Francisco, como a menina tem nome (e lindo!), fiquei a pensar que se trata de sua filha.

    Fiquei a pensar também que, naturalmente, ela "desabrochou", mas foi só amorosamente que ela aprendeu a ter um perfume único, esse que se vai preparando com o cotidiano vivido em família! "Será para mim a eterna criança / Indelével lembrança que não apagou"  - síntese do amor de todo pai e da gratidão de todo filho. Como pai e como filho, tomo para mim esses versos como mapa dos tesouros que ajuntamos na vida.

    Fiquei a pensar também que só pessoas raras declaram amor assim, tão poeticamente.

    Você, Francisco, uma pessoa rara e um pai digno da gratidão dela e deles!

  • Parabenizo-o pelo talento – pelas belíssimas obras com gosto de quero mais.

  • Um fascinante poema. O tempo vai pelas direções onde o destino se completa

  • lindo, lindo, Francisco.

    Vai ser sempre a sua menina.

    Beijinhos

  • Um desabrochar de uma flor-mulher lindamente poetizada! Meus aplausos! Bjs

This reply was deleted.
CPP