Inspirações

Porquanto (...)

 

Porquanto...

 

Manhã saltada dos lençóis

interrogar ausências, nega-se.

No poço dos sentidos, extenuada,

travesseiros abraçar, mais e mais

tentação findava...

 

Irritante cortina dançante,

com saudade, contrita, com pena,

engana-te, porquanto,

"despir da morte do amor",

enchendo vazios de recompostas ilusões...

(...)

 

Marisa Costa

(*) Imagem: Google

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP