Poesias

Adm

Relembrar

Relembrar

De novo sentada perscruto o horizonte,
o peito estufado de imensa saudade,
velando tua ausência que a bem da verdade,
constante pressente teus passos na ponte.
Eu vivo a pensar e me perco defronte,
daquelas lembranças da gente ao luar,
dos nossos sorrisos na força do olhar.
Amar desse jeito por tempo sem conta,
é não saciar o desejo que afronta,
o amor naufragado nas ondas do mar.

Edith Lobato - 30/10/17

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –
Adm

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

    • Adm

      Obrigada pela oferta Marso, adorei este card.

  • Melancolicamente-belo; seu poema navega num mar

    de boas lembranças, e muita saudade!...

    AMEI!...

    MEUS PARABÉNS!...

    • Adm

      Geraldo, poeta que admiro, obrigada pela leitura e apreciação.

  • Simplesmente encantador Edtih...lindas lembranças

    contidas num sorriso e na força de um olhar

    Aplausos e um abraço poético

    FC

    • Adm

      Obrigada Frederico por sua leitura e sua apreciação.

  • Fiquei encantada amiga Edith, beijinhos.

    • Adm

      Que prazer tê-la aqui, Cristina. Obrigada pela tua leitura, querida.

  • Belíssimo, Edith. Parabéns!
    • Adm

      Obrigada Jilmar por sua leitura.

This reply was deleted.
CPP