Inspirações

Santa Prostituta...

Santa Prostituta...

Numa esquina das vidas há u'a alma // menina_mulher de curtas saias
em que deixam à mostra excitantes // para másculos homens a genitalia

E a noite que passeia pelas ruas // numa clara parceria com a lua
enaltece ainda mais o sensual // na menina-prazer do homus-animal...

O que levou para ess'esquina essa menina? // Terá sido o destino, cruel, felino?
Ou então a sociedade - sem piedade? // O dinheiro? O prazer? o Ser? o TER?

Sem respostas para tantas as perguntas // a menina, inda mais a saia ergue
e ao ver que um carro para ao aceno // fala ao homem do carro o que se segue:

- Oi amor... Vem fazer amor comigo... // Eu serei para ti a menina nua e sem juizo
que satisfará todos os seus sonhos escondidos // e em gozos te levará ao paraiso!
E o homem, do alto de sua pureza, // mal importando se chauvinista ou porco
simplesmente pergunta o preço do amor, // pra devorar e saciar a fome de seu corpo

- Se for por uma hora serão $ 100, mas pode por meia hora ser 60...
E o homem então abre a porta do carro e apenas lhe diz: - Entra... e senta!

E assim segue o homem seu caminho, // E assim vai o carro pro Motel...
Dentro um homem ereto-predador // a seu lado - sua presa - seu troféu.

E parece que assim por seculórum, // será a mesma estória que não espanta,
até o dia em quem sabe, se o Papa, // canonize uma Prostituta - Santa!!!
*** * ***
by ZKFeliz - gaDs
*** *** *** ***

 

Z K

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Que seja um Recomeço este Dia / Que para Você - para Mim / Se reinicia!!!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Concordo com A ANGELICA E ASSINO EM BAIXO

    BEIJOS E APLAUSOS,POETA

  • Gestores Adm

    Fiquei pensando, porque sempre se pode escolher ou buscar outro caminho que não deixe tantas marcas. Fiquei pensando na compra do amor, este verso me levou a pensar em como os valores estão frágeis, entretanto, este tipo de relação istantânea vem de tempos muito idos. em forma

    Belo poema muito pareciso com a modalidade Subliminar.

    Aplausos Zeca pela leitura prazerosa e reflexiva proporcionada.

  • Zeka, quando penso que já li de tudo, vem você com este surpreendente texto! Mil aplausos!  Parabéns!  

  • Parabéns, poeta amigo, poema lindo, primoroso, adorei.

    Neste poema você fez uma profunda "exegêse" sobre a vida da menina-prostituta...

    Que tornem-se elas deusas, pois, praticam um dos mais antigos ofícios...

    Sou seu fã.

    Abraços, paz e Luz!!!

  • Este não é só um poema, menino Zeca, é uma reflexão profunda de alguém com a alma imbuída de compaixão e o coração transbordando de amor por seus semelhantes.. Minhas reverências diante de algo tão belo!

  • Fiquei pensando, Zeka, que, em vista dos seus versos, as meninas-mulheres-prostitutas poderiam ,mesmo, ser canonizadas.

    Santas, na inexplorada inocência, livres das malícias do mundo e presas das mílicias do corpo? das ambições? dos antivalores? do sistema?

    Talvez que o tempo venha a santificá-las, não num altar, mas na consciência do que deva ser a vida depois das experiências que sobrepujam o Ser ao Ter.

    Como sempre, sua fala é marcada de uma sensibilidade ímpar, de uma piedade amorosa. Fala de quem já viveu e entendeu a vida.

    Minha reverência sincera.

This reply was deleted.
CPP