Poesias

Saudades...

A roda da vida tem o principio que ninguém escolheu,

sem se perceber, sem se saber,

inicia o ciclo em contagem progressiva,

crescente, decidida a nos envolver

nas curvas da lida, indefinida...

Cheia de subidas e descidas,

cheia de fases da lua fria e escuridão,

mas,também cheia das fases de novo amanhecer,

ventos que sopram pra lá e pra cá...

Sem podermos conter, mãos que se vão,

toque que fica gravado no coração,

lembranças, episódios, filme da vida,

arquivado, guardado, história que se vai...

Assim somos, assim todos nós somos,

marcados pra ir, sem escolha do ficar,

deixando de tudo, um rastro da passagem,

Saudades...

*Glaucia Amaral

21/04/15

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Glaucia Amaral

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • A saudade é um aquilo que do nosso amor ficou dentro dos teus lindos e belos olhos, lindo poema

    • Grato amigo José Carlos.Tens um coração muito terno, assim declara o redigir de seus comentários. Abç de luz!

  • Sempre fico enlevado pelas suas criações – e pela configuração adequada de expressar.

    • Sempre agradecida amigo SAM, pelas palavras de análise que me são muito construtivas. Abç Poético!

  • Dentre as reflexões de Glaucia em seus magníficos e profundos poemas, e as respostas sábias e pertinentes sempre de Edith, fico extasiada....

    Parabéns!

    Felicidades!

    Beijos

    • Que bom amiga Nieves... Grata pelo carinho. Bjsss.

  • Adm

    De tudo que se vive, sempre, fica um rastro de lembrança que se torna, mais tarde, saudade.

    Parabéns, querida, mais uma vez.

    • Assim mesmo... sempre saudade. Grata. Bj de Paz e luz!

This reply was deleted.
CPP