A PRAÇA

No fim da rua Tupi havia uma praça,
a praça Campos Barbosa;
é lá que agora passa
min' halma triste e saudosa:

-------------------------------------------------------

vejo pessoas com e sem pressa,
namorados trocando beijos e afetos...
Crianças a quem só brincar interessa,
e pássaros entre ramos, inquietos...

---------------------------------------------------------------

Vejo você, e procurar nem tento
saber por que meu coração se acelera;
só sei que aguardei esse momento,
e o quão foi difícil a espera!...

------------------------------------------------------------------

Não há ninguém à nossa proximidade
para um coração que se descompassa
em amor; transbordando de felicidade
nessa tão só nossa praça!...

-----------------------------------------------------------------

Porém, hoje a praça não existe mais;
mas em pensamentos quero voltar aqui
enamorado como de outrora os casais,
 no fim da rua Tupi!...

------------------------------------------------------------------------

No fim da rua tupi havia uma praça,
a praça Campos Barbosa;
é lá que agora passa
min' halma triste e saudosa...

----------------------------------------------------------------------

(GERALDO COELHO ZACARIAS)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Ainda bem que a "minha praça" existe até hoje...  Maravilhosos versos, Geraldo! Bjs

  • Não conhesco a Praça, mas fizis-te que a imaginasse como se estivese lá...

     Saudades... Mas qué bom ter-las, porque significa que viveu intensamente momentos felizes!

     Meu querido e grande Geraldo, como sempre, seus poemas são indescriptívels em beleça, calidade, mestria...

     E não sei como agradecer seu presente.

     Parabéns, poetazo, meu irmão da alma.

     Beijos grandes.

    3599875?profile=original

  • Geraldo, muito lindo teu poema e deixa na gente aquela saudade, 

    de outros lugares, de outras praças, mas dos mesmos sentimentos...

    Grande abraço, poeta!

  • Gestores

    Nossa Geraldo, é tão belo mas taõ profundamente triste... mas muito... muito belo!! Parabéns!!!!

    3599766?profile=original

This reply was deleted.
CPP