Poesias

A RODA DO MUNDO

A RODA DO MUNDO

 

A roda do mundo gira

Gira, gira sem parar.

Quanto mais o eixo gira

Nunca sai do lugar.

Uns vão outros vêm

E a roda não para de girar.

Uns impulsionam a roda

Outros tentam parar,

Mas ela continua girando

Rodando pra lá e pra cá.

Lubrifique o eixe da roda

Ou comece a enferrujar.

 

                            Mello Carvalho

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP