Poesias

ARCAICO

 

Putrefação tipificada. Petrificada.
Tédios parindo tédios melancólicos.
Porções de pus envelopadas,
agarradas aos órgãos envenenados
dum corpo moribundo,
fétido, imundo,
duma sociedade dita organizada.

Mistérios ministeriais aparelhados.
Cotas cromatizadas,estigmatizadas,
pintadas de preto - preconceito,
afrontando o direito,
a moral e o respeito,
sem educação, sem nada,
efeito eleitoreiro,
tá na cara.

- Segura a segurança epilética !
A polícia prende, a justiça solta.
Juízes e sentenças patéticas -
Bandidos lhes garantem escolta.
Carnificina. Rajadas. Blindados
transladando cocaína.
Doações no Caixa dois como paga.
Bacanais à beira das piscinas.
Povo devidamente enganado,
rende propinas.
Socialistas arcaicos,
práticas cretinas.

                                                         Paolo Lim

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

CPP