Poesias

REPOUSANDO

“REPOUSANDO”   

 

 

Repousa tua cabeça

Declina teu corpo

Numa eterna sonolência

Para que possas amar teu eu interior.

 

À sombra de belas árvores

Deixas teus pensamentos

E sentimentos descansarem

Para encontrar a paz.

 

És o infinito!

Pulsando num corpo inerte

Mas atento à tudo

Que se passa ao redor.

 

Teu corpo descansa

Tua mente acalma

À sombra de árvores

Que te darão paz eterna.

 

 

20/11/2015

 

JC BRIDON

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Também preciso de sombras assim... Acho que das árvores de toda uma imensa relva.

     Belo e bom demais, querido poeta amigo da alma.

     Obrigada por compartilhar.

     

    BeijosSuperdestaqueCPP.jpg

    Cartoazullindosversos.destacadocpp.jpg

  • Gestores

    para amar teu eu interior.

    (...) és o Infinito... (...)

    Querido JC Bridon...

    Sem palavras... - Apenas sentimentos

    E agradecimentos pelas aprendizagens que compartilhas amorosamente conosco!

    ...

    DEUS continue o iluminando Amado Amigo!!!

    gaDs

    cpppenapoesiamaravaplausos500x345.jpg

  • Gestores Adm

    Estou precisando de uma sombra destas. Poema belo e reflexivo. Parabéns poeta Julio.

This reply was deleted.
CPP