Poesias

SOU!

“SOU”

 

 

Não sou sonho,

Sou realidade.

 

Não sou treva,

Sou luz.

 

Não sou tristeza,

Sou alegria.

 

Não sou finito,

Sou infinito.

 

Não sou fraco,

Sou fortaleza.

 

Não sou o outro,

Sou eu mesmo.

 

Não sou morte,

Sou pura vida

Que ri, chora, sente e ama.

 

JC BRIDON - Júlio Cesar 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    Belíssimos versos Júlio. Parabéns!

  • Sem palavras, querido Julio.

     Uma beleça de poema e muito profundo.

     Para ter-lho no espelho cada amanha desde que acordamos.

     Obrigada por outro presnete mais de você, meu irmão.

     Beijos grandes a Arlete, a Ana- sem notizias dela!- e para você.

     Belo día 


    Cartoflorbrancadestacad.jpg

  • Gestores

    É muito bom saber quem e o que somos. Esplêndidos versos, Julio Cesar! Bjs

    Cartoazul.jpg

  • Gestores

    download20.jpg

This reply was deleted.
CPP