FELIZ NATAL

Amigo(a)

Neste ano mais que o outro,

quando pouco te abracei, 

volto aqui pra te abraçar.

O Natal se aproxima!

Esta data me fascina 

e me faz até chorar!

Preciso de um ombro amigo,

para nele desaguar

as lágrimas dos meus defeitos

dos meus pobres desacertos...

Se, por ventura, 

algum deles te alcançou,

queira-me, pois, perdoar!

Sorria, eu te quero Bem!

Sorria, eu te desejo Paz!

O grande Menino já vem,

Vamos a Ele abraçar 

Cantando-lhe o Parabéns!!!

 

Parnamirim/RN/Brasil 

Em 18. 12. 2018

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –
CPP