O QUE É O NATAL?

Feliz, triste... Não sei bem o que sinto, todos apressados, as lojas lotadas, meu braço sendo puxado pelo meio da multidão quase histérica. Andamos, entramos em lojas, esperamos nas filas dos caixas. Por fim voltamos para casa, eu cansado e minha mãe irritada... Não dava para entender o porquê da sua tristeza. Ao lado da lareira estava minha avó a fazer seu tricô bem tranquila, ao ver seu rosto rosado com um sorriso nos lábios meu coração serenou. Sabendo do meu exausto passeio ergueu os braços me colocando em seu colo. Fiquei um pouco aconchegada aquele abraço quente em total silêncio. Por fim minha vovó perguntou sobre meu passeio. Sem excitar respondi: __ Não foi um passeio, foi para uma batalha, pessoas se empurrando, olhando-se raivosamente, e mesmo com as lojas enfeitadas eu achei que estava tudo feio.... Com os olhos inquisidores, perguntei: __ Não é a festa de Jesus, por que as pessoas brigam por roupas, sapatos e se odeiam? Em resposta minha vovó beijou minha testa e explicou: __ É bem assim meu anjo, disse minha vovó, as pessoas esqueceram que o Natal é o aniversário de Jesus, e só pensam em comprar presentes e roupas, acho que desaprenderam o sentido do verdadeiro Natal. Natal é doação, amor ao próximo, união e paz. Sentada na mesa minha mãe ouviu a explicação da vovó e chorou... Desabou num mar de lágrimas e soluços, depois do desabafo solitário sentou ao pé da cadeira que gemia ao balançar, e com o rosto ainda molhado de lágrimas me tomou nos braços e disse: __Assim que será nosso Natal, vamos procurar pessoas que precisam de comida, roupas e sapatos, vamos dar tudo que compramos. Aqui em casa faremos uma festa para Jesus, vamos orar e agradecer por tudo que temos e pela sua vinda para a salvação do mundo. Depois de fazermos as doações e com o coração cheio de felicidade sentamos junto do presépio cantamos hinos de louvor, para o menino que veio ao mundo tão pobre para nos ensinar o amor. Desde esse dia nossos Natais foram sempre assim, e hoje na minha casa fazemos o mesmo... Cantamos e glorificamos o menino Jesus antes de tudo, afinal a festa é dele.

Luly Diniz.
19/12/18.

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Exato. Também não me preocupo com a comercialização.

    Beijinhos Luly.

This reply was deleted.
CPP