SENTINDO O NATAL

 

 

 

SENTINDO O NATAL
Eri Paiva

Sinto cheiro de Amor no ar,
Sinto a Vida reverdecer,
Sinto desejo de acolher
A quem soube muito amar!

Sinto os dias passando
E mais esperança a brotar!
Sinto passos se aproximando
E rastros de Luz a deixar…

Sinto que esta Luz se faz
Presente no coração…
Sinto-a qual chuva de paz
Semeando nosso chão…

Sinto sementes de bondade,
De pureza e de alegria,
De justiça e de verdade
Renascendo cada dia…

Sinto que renúncia e coragem,
Merecem determinação e apoio.
Aqui se está de passagem,
Mas passagem também tem joio…

O joio da maledicência,
Do orgulho e da ambição,
O joio do ódio, da descrença
Da maldade e exploração…

Mas uma Luz se espraia
Nos caminhos de cada ser
Ela impede que se caia
A cada novo amanhecer!

Sinto que o momento é chegado
Para um encontro especial,
Sinto que tudo que sinto
Tem cheirinho de Natal!

É o Natal de Jesus! Sinto que Ele já vem!
Seja cada coração, o Presépio de Belém!!!

Parnamirim/Rn - Em 25. 12. 2018

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –
CPP