Alegria da meninada

3559842966?profile=RESIZE_710xAlegria da meninada

 

Um… dois… três.
Lá vai o menino todo animado.
Pula no galho para balançar.
O intento da brincadeira é folha espalhar.
Se cair no rio, pobre coitado!
Em seguida tem que nadar.

Enquanto uns em pé, outros sentados
prontos para a gargalhada.
O rio é manso sem pedras acumuladas.
Meninos saudáveis, um desafio!

As águas seguem… um doce encanto!
Um, grita, outro ri… não falta o assovio.
Tarde gostosa, quanta alegria!
No final a emoção e a gargalhada.
Sem discussão em harmonia
Na mochila o lanche, a toalha molhada.


Márcia A. Mancebo
(22/09/19)

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP