Angústia

 ...

Há neste navegar sem remos, vazios

N’alma silente há guerras se resilindo

Dentro da solidão há este ser pequeno...

E na bagagem: saudade e ausência do mundo

Fora está o universo conspirando

Há desencontros na íris do mar

Nos lábios selados há pausas...sem soluços

Dentro do ser há espaços de infinitos

Nesta viagem, o tempo lá fora segue

Quiçá no imo adormeça o espírito

Que veleja...e veleja sem destino

Apaziguado na vaga lembrança

Jennifer Melânia

29/10/15

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    Gente, eu comentei os poemas criados para essa imagem. Ou eu estava viajando ou,  não estava conseguindo entrar na casa. Mesmo depois de tanto tempo, estou aqui, Jennifer, aplaudindo teu lindo poema! Bjs

  • detalles_invitados_marcadores_libros3.jpg

  • Olá Jennifer, parabens pelo teu trabalho!

    Um super domingo prá ti.

    cid_00fd01c613d5aa3af4703200967aericae17d060c9.JPG

    • olá, Eridante, o domingo foi perfeito, obrigada.  Tenha uma noite de paz e um despertar de luz. Abraços.

  • Gestores

    Nossa Jennifer Melânia...

    Me senti a Menina do Frasco - aprisionada - e

    exalando ao mundo das Poesias a tua "Angústia"!

    .

    NOSSOS APLAUSOS!!!

    (AH - se desejar - pode colocar a mesma Imagem (que é igual para Todos os Participantes)

    no inicio ou final de teu lindo Exercício Poético!)

    gaDs

    • Obrigada, Zeca! Quanto a colocar a imagem, bem que gostaria, mas há problemas de comando e por enquanto o computador está ganhando rsrs. Abraços

    • Gestores

      Ah... Isso acontece a 'akontece' muito komigo enkuanto un 'analfabétikoinformatiko'!

      ...

      Beijosss - gaDs!

  • Gestores Adm

    Pois é mas enquanto me encolho o tempo leva a avida. Parabéns pelo teu poema.

This reply was deleted.
CPP