Estrelas de ouro

Meg, uma garotinha muito esperta,

Gostava de brincar  com os astros

Que a via brilhando no céu.

 

De tanto ficar olhando para cima,

Acabou sonhando que estava cultivando,

Em seus cestos, Centenas de estrelas de ouro

 

Bem lá em cima do seu telhado,

Vendo o clarão da lua minguante, somente com

As pontas dos pés naquela escada enorme.

 

O seu gato, Bily, sempre a acompanhava

Em suas aventuras malucas e em todos

Os sonhos que a menina tinha.

 

Meg ficou rica e acabou virando

Princesa e se tornando dona de um

Castelo estrelado com o seu cultivo sonhador.

 

Jilmar Santos 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Vejo o cuidado e incansável do poeta Jilmar para termos a oportunidade de explorar o seu trabalho.

    • Obrigado, SAM! A CPC tem me dando uma grande oportunidade de aprender com vocês.
  • Gestores

    ABRAO1.GIF

    • Obrigado!
  • Gestores

    Eri.jpg?width=721

    • Que lindo, Marso! Obrigado!
  • This reply was deleted.
  • Lindo conto amigo Jilmar, está de parabéns, abraços.

    • Obrigado, Cristina!
      Abraço!
This reply was deleted.
CPP