Indecisa

Já é tarde...

Não podes recuar

Tens poucos segundos

Uma pena, um tinteiro

E, um vazio no olhar

Uma imagem sem alma

Inerte a vida...o nada

Quer desengasgar as palavras

Mas, não as possui

As mãos não se movem

Não tens tristezas e nem alegrias

Agora foge, eu sei

O corpo ornado de sedução

A face...efeitos de fada

É o momento...dúvidas

A pena sem palavras

Congela-se a existência

E a moça sem ação...razão

Já é tarde...é tarde

Jennifer Melânia

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • destccppdestac0107.jpg

  • Gestores

    UAU UAU UAU Jennifer... (Saudades de Ti)!!!

    Que inspiração tão apropriada nos deixas...

    ACEITE NOSSOS CALOROSOS APLAUSOS!!!

    gaDs

  • Lindo poema, Jennifer! Bjs.

  • Gestores

    41.gif

  • Gestores

    imagesaaaan.jpg

    • Obrigada, Maria. Você é uma menina gentil.

  • This reply was deleted.
  • Parabéns pela sua obra, você é mesmo muito habilidosa.

This reply was deleted.
CPP