Musicista do seu enredo...

Musicista do seu enredo...

Musicista do seu enredo, 
alma feita de estória 

indiferente do quanto andou,
meio aos caos pega seus sonhos
em luares sorrindo, corre atrás do amor.
 
Se encontra-la, ele não quer,
no violão, colorido, poetizado,
nasce a trilha sonora do desabrochar da alegria... 

Entre flores e espinhos,
sonhando o impossível?
Gosta disso.


Nem perfeita, cheia de erros,
se dia houve que nem dançou nem sorriu,
que se perca na areia que o vento levou...


Do ontem, descosturada, 
retalhos colhidos ousa sorrir...

Hoje, rasgando por dentro loucura, 
morre de amor e ressucita...

Amanhã, fronteira da ilusão...
no explendor da noite sair de si,
apagar estrelas, escrever na pele: 

Vida, coisa mais bonita! Água refrescando dias.

Marisa Costa

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Adm

    Que belo poema! Linda interpretação da imagem. Parabéns!

  • Como sempre Marisa Costa nos surpreende com uma carta na manga!

    • Valeu o incentivo, Sam, grande abraço. 

  • Magnífica obra poética, Marisa! Parabéns! Bjs

    • Sempre a me incentivar, poetisa querida. Valeu!!!

This reply was deleted.
CPP