O POÇO

 

3637348057?profile=RESIZE_710x

 

O POÇO
Eri Paiva

Recordo bem as águas cristalinas
Descendo das chuvas sobre a fria serra
De Portalegre, minha cidade pequenina!
Nos bons tempos de grandes invernadas,
Alegravam minha vida de menina!

A força das águas, ao abrir caminhos,
Em meio à caatinga e pedregulhos
Fez um córrego surgir aos pouquinhos,
Alcançando o nosso Distrito de Viçosa
Onde meus pais criaram seus filhinhos.

De água pura, transparente, sem entulho,
Em certo espaço, largo e mais profundo
Formou-se um poço! Imagine o barulho
Da meninada a brincar feliz e sem medo,
Em suas animadas piruetas e mergulhos.

O poço tornou-se o espaço preferido
Das meninas que dele se apossaram.
Pequenas sereias, tem na pele, o vestido,
Desfrutando seu banho a céu aberto,
Na feliz inocência do nada proibido!

Chuvas na serra, quando enxurradas,
Ao rolar suas águas, o barulho se ouvia
De longe, fosse manhãs ou madrugadas.
Se era bonito ver! Belo é sentir em poesia!
Lembrança! Saudade! Poço! Meninada!

Parnamirim/Rn - Em 30. 09. 2019

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    3626552824?profile=RESIZE_710x

  • Gestores

    Lindíssimo teu poema, Eri. Emocinei-me! Bjs

  • Perfeita poesia, vislumbrei cada cena descrita em versos. Muito linda!! Aplausos.

  • Gestores Adm

    3642707?profile=RESIZE_710x

  • Gestores

    127051980?profile=RESIZE_710x

    • Angélica, 

      3666065461?profile=RESIZE_710x

  • Uma poesia terna e contemplativa das cenas que ficaram na memória. Parabéns

    • Obrigada Lilian! Muito bom  ter tua presença e comentário! 3666062171?profile=RESIZE_710x

  • Muito lindo seu poema, Eri! A imagem foi deveras contemplada

    nos teus belos versos! Bjs.

    • Mena, que bom que gostaste! Fico contente e te agradeço o gentil comentário! 
      3666058153?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.
CPP