VEJO-ME!

 

VEJO-Me!


De repente vejo-me diante
de um espelho.
Imagens destorcidas seria eu?
Uma duas tres qual delas seria
Eu...? Será que o tempo tem a capacidade
de nos modificar tanto?
Bem fico aqui a pensar quanto tempo
nao olhava assim frente a frente
só agora vejo claramente o tempo
passou e eu nem percebi.
Mas apesar desta imagem destorcida
posso dizer com certeza sou eu mesma
me reconheço sou assim mesmo
mas conservo o bom humor de sempre
Uma mulher feliz!


Eudalia Martins

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Muito bela poesia. Aplausos mil, querida poetisa

  • Maravilhoso!!!

  • Uma pessoa feliz reflete a felicidade em cada imagem vista,seja ela concova ou convexa . Parabéns 

    • Concordo com você Lilian Ferraz grata uma boa tarde...

  • Bonito, Eudalia.

    Defrontar com o espelho. Coisa difícil!

    • Boa tarde Margarida grata...

This reply was deleted.
CPP