Convite

Convite
 
Caminhei sob sol ardendo em brasa
E em ensolaradas manhãs  de verão 
Sobre meu mar senti longe de casa
E de saudade ouvi meu coração.
 
Passaram anos...anos,  hoje vaza 
uma dor por perder tua paixão. 
Um sentir tão profundo que extravasa 
No peito, um grito, da vil solidão.
 
Volto e um convite faço sem pensar
Nas consequências que possa causar
pois,o arrependimento me desperta.
 
Te ofereço o regaço no caminho 
(As asas de minh'alma estão abertas 
Podes te agasalhar no meu Carinho). 
 
Marcia A Mancebo 
05/01/2021
 
 
 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP