Posts de Ciducha (145)

Dia da Consciência negra

Maria Julia/ Dia da Consciência negra

Hoje minha homenagem é à minha sobrinha Maria Julia Seefelder Virth. Ela foi adotada quando tinha 2 anos;;;Estava num quilombo em Goiás ,quando minha irmã, que tinha uma fazenda naquele fundão.foi fazer uma visita e se apaixonou por aquela menininha desnutrida,judiada,faminta de amor Foi amor à primeira vista. Sissu(minha irmã) estava casada pela segunda vez,recentemente e depois de um longo periodo de visitas,regulamentos etc ,pode finalmente adotá-la como filha.Foram anos de muita felicidade,mas o destino quis que minha irmã se fosse para sempre.Além da dor de perdê-la(era minha irmã caçulinha,amiga,confidente e muito unidas))a dor pelo sofrimento da Maria Julia Hoje ,dois anos depois,ela está bem e morando com o pai na Suissa.Com certeza terá um futuro maravilhoso,pois estuda em ótima escola,cercada de muito carinho pelo pai,Markus Virth. Que bom seria se mais pessoas adotassem uma criança negra

Ciducha Seefelder

(sem correção...as fotos foram movidas à emoção)

Saiba mais…

Amo-te!

 
Amo-te!
 
Amo-te!
Como jamais em tempo algum
amei alguém...

Amo-te hoje, como te amei sempre
além da razão,
com abono total do coração!

Amo-te...
desde o dia em que te ví...
e nossos olhares se cruzaram
e nossos corpos se atraíram
nossas almas se tocaram...

Foste o primeiro homem
a fazer meu coração acelerar...
Foste o primeiro a me despertar desejos...
Foste o primeiro a me fazer sonhar
Foste o primeiro... e sempre serás!

Amo-te desde então...
sempre vou amar.
E ponto.
Saiba mais…

Quem és?

 
 
Quem és?

És uma nau misteriosa, mas nem tanto
que navega o meu mar, meu grande oceano
todas as noites,  ao clarão da lua!
És alguém, que bem devagar
me tens toda tua!
 
És intrépido e orgulhoso
que ousa atravessar no meu futuro
como um facho de luz
num campo escuro
 
És a certeza do vento
que vem e passa
sedento de mim, de nós
neste momento
E assim vai o tempo
precioso e ingrato
enquanto ficas fraco
a padecer de tanto ir-se!...
 
És, acima de tudo
na minha vida, o maior encanto meu,
e diga-me, responda-me:
-Alguém já te amou mais do que eu??

Ciducha
 
https://youtu.be/H2di83WAOhU
Saiba mais…

Um dia eu fui assim!...

 
 
 
 Um dia eu fui assim!...
 
 
Um bebê lindo, uma menina
loira de olhos azuis!
O orgulho dos meus pais...
que sonhavam  me fazer uma princesa,
da vida só alegrias e ventura!
Fui mimada, amada e idolatrada!
 
Só que eles esqueceram de me preparar
para as vicissitudes da vida...
E quando esse momento chegou
trazendo dor e perdas,
meu mundo desabou!
 
Hoje, apesar dos meus cabelos brancos,
olho no espelho e consigo enxergar
a menina que eu fui um dia
que pelos sonhos vivia a navegar
sem porto e sem mar
mas sempre feliz, muito feliz!
 
Ciducha Seefelder
 
 
06/05/2007
Saiba mais…

Serenata do adeus

 

Serenata do adeus

 

 

Enquanto a lua passeia lá no céu,

em mim, passeia uma saudade.

Misto de dor e ansiedade

onde o seu rosto é a personagem!

 

Você, que eu já tive nos meus braços

que reencontrei, sem nunca ter perdido

que vai morrendo aos poucos,

junto comigo...

nesse amor, que faz tanto sentido!

 

A lua pára, pra chorar de vez em quando

e é quando eu vou,

ainda mais, morrendo e amando

como algum dia, na primeira vez...

 

Não nos dissemos adeus...

jamais!

E no entanto, é doce esse meu pranto

tentando lembrar onde ficou

em que estrela se perdeu, morreu...

a nossa serenata do adeus!

 

Ciducha Seefelder

 

 https://youtu.be/f5It4DemA8k

Saiba mais…

Parabens CPP

                                                                            Feliz aniversário CPP,Administradores e Poetas!      

                  É uma honra fazer parte dessa  familia! Sucesso sempre!!

                                                                       Beijosssss

 

 

      https://youtu.be/ROlOAlCAmr8                                                                    

Saiba mais…

Cale-me se puder

Cale-me,  se puder!

Coloque seus lábios nos meus,
quero sua língua
envolvendo a minha,
num frenesi,
antegozando o que está por vir!

Não precisa dizer nada,
apenas use a linguagem
que tão bem conhecemos:

Nossos beijos e carinhos,
de amor,
de paixão,
sempre repletos de excitação!

Venha...

Não me deixe falar tanto assim,

não é bom para você,

nem para mim.

Cale-me, se puder!

 

Ciducha Seefelder

https://youtu.be/IgjNmRBPOaY

Saiba mais…

Voltando a conversar comigo mesma...

 

Voltando a conversar comigo mesma...

 

 

Dizem que após a tempestade ,vem a bonança...

e agora ,aos meus 7O e poucos anos

volto a sorrir,a ter esperança...

Por que não?

 

Afinal, a alegria sempre foi a minha referencia

Claro que ainda carrego dentro de mim

todas as dores...perdas...tristezas...

Mas que são minhas...só minhas!

Sempre fui muito egoista em relação a elas!

 

Hoje sou uma mulher que amou viveu intensamente,e

quase de amor morreu ,mas ainda acalento,o desejo ,e o

anseio de voltar a amar...

 Ciducha Seefelder

Santos,Agosto de 2018

 

 

;

 

 

 

 

Saiba mais…

Doce desatino

 
 
 
Sei que é um desatino
mas como fugir
desse amor tão fora de hora?
Como resistir aos seus encantos?
Se esse é o nosso destino,
Por favor, não demore...

O que nos resta, afinal?
 Não temos todo o tempo do mundo!
Já lá se vão os nossos anos dourados,
Nossos sonhos perdidos, abalados...

Sou e estou toda emoção.
Sei também que é um desatino
Mas que culpa tenho eu,
se já doei  o meu coração?

Acredite:
- A inquietude e a angustia me assaltam!
Deveria abrir mão desse amor
e passar o resto do tempo que me resta
sem seu olhar?

O mundo há de me perdoar...
mas não consigo.
Você foi... é  e será sempre,
o meu doce desatino!
 
 

Saiba mais…

Desabafo

 

https://youtu.be/HfF3ORLcw78

Está enganado...
Não é aos meus pés que se arrasta,
é nos pés da sua indolência
que atiça-me a impaciência
e nos afasta...

Nada me pede.
E eu nada peço a você.
Não fazemos troca
porque não temos volta
para partilhar...


Quando fica calado
Pelas palavras que eu digo
é porque fazem sentido
e você sabe que sim,
porém, não diz para mim...

Se rolasse em minha cama
eu não fingiria dormir,
seu abraço ia querer
e nele me perveter
juntos até o fim...

Quisera eu, ser bem mais,
que a mecha dos seus cabelos,
quisera ser pensamento
a açoitar os dias seus,
mas eu sou só pesadelo...

Se não sabe viver sem mim,
o que espera para chegar?!
Que eu vá correndo na frente,
ou que fique indiferente
nos sonhos onde você está...


Ciducha Seefelder

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

Saiba mais…

Fim

 
 
Fim!
Ciducha
 
 
 
Meu coração bate,
Num acelerado ritmo,
Irregular,
Ao relembrar nossos
Momentos de amor.......
 
 
Fugaz, é verdade!
Sim, nada mais restou....
Nosso amor, se foi!
E com ele, todos os meus sonhos...
Apenas saudade, deixou...
 
 
A noite chega.......
O silêncio  se instala,
E eu me dou conta
Que..........sim........
-------É o fim!
 
Ciducha Seefelder
 
Saiba mais…

Sua...(só no pensamento)

 
 
Sua...(só no pensamento!)
 


Estou completamente entregue
nas suas mãos!
Totalmente sua...
Faça de mim o que quiser...
Estou à mercê dos seus desejos
sentindo-me sem escolhas
foge-me a razão, o auto-controle.

Uma mudança está acontecendo em mim,
na minha vida.

Quem sou eu?

E onde estamos?

No céu ou no inferno...
Já não nos importamos,
não é mesmo?

Se nos amamos
mesmo que a outrem machucando,
fala mais alto a lei do tempo!
Que pouco tempo nos resta, então...
Para que indagações imprecisas...
De tão nocivas respostas,
que conhecemos todas,
e ignoramos com prazer!

Só nos resta amar...
Por que não?
 

Mesmo que seja só no pensamento!

Estou entregue...

Sou sua...

sua

sua
 
 
Ciducha Seefelder

Saiba mais…

Nada mais...

Nada mais...Tento esconder-me da solidão, ser menos inverno, afugentar a névoa, a ventania que me envolve, tão precoce... mas é tarde demais!
Saiba mais…

Se eu morrer amanhã...

 
 
Se eu morrer amanhã...

 
 
Se eu morrer amanhã...
toma por normal
essa pressa de fartar-se,
com que se aliena
no contexto da existência,
ao morrer.

Tempo, velho insano!
Toma por normal o vício esquerdo
de contar a vida e a morte,
hora a hora.

Tempo... retoma o carretel
com que seguras, sexagenário,
a pipa dos meus sonhos
enfeitada de auroras,
içada por colorida rabiola
 

Se eu morrer amanhã...
refaz-se o caminho, torna-se mais ameno
já que o peso das minhas andanças,
estacará, cansado de existir.

Trará também, no semblante
o gosto do amor, que quem sabe sente.
E a neve inevitável...
mas não esqueça o verão,
porque o inverno, estação dorida,
é coisa intolerável!
 
Ciducha Seefelder
 Santos,17 de Abril de 2009

Saiba mais…

Enamorada

 
  • Enamorada!

     
    No seio da alvorada
    sou e estou tua...
    totalmente enamorada!!
    Até as minhas dores
    são levadas n'uma enxurrada
    de amor e flores.
     
    Nesta encantada estância
    que o mundo não conhece,
    onde o rumor não desce,
    mostro todo o meu querer
    em nosso pleno  viver!
     
    Os sonhos fogem um a um
    abertos de manhã,murcham num dia
    E cada sonho é uma ilusão
    que foge;e noutro dia---outra ilusão
    que esfria!
     
    De meus cândidos sonhares,
    mesmo sendo alguns
    loucos e fugazes,
    sei que sou amada!
    E estou assim....
    ..................
 
      Enamorada!
 
         Ciducha Seefelder
 

 

Saiba mais…

Não me magoe,por favor!

 
 
Não me magoe,
Por Favor!
 

                                     
Eu me sentia como alguém
que contraíra uma doença
fatal!
 
Durante curtos períodos
eu conseguia esquecê-lo,
mas logo voltava a sentir
a pressão sutil na memória...
 
Comecei a desejar
que jamais tivéssemos nos encontrado
pessoalmente...
 
A realidade era mais opressiva
que os vôos compulsivos,
da minha imaginação...
 
Eu o queria tanto!
 
Mas não é da dor que tenho medo...
eu conheço essa dor.
Tenho medo é do término desse amor,
meu pequeno e doce sonho...
Tive tão poucos sonhos...
 
- Não me magoe...
Era isso que eu precisava dizer:
- Por favor, não me magoe!
Para tanto, basta o vazio...
basta essa sensação de tudo,
rodeada de nadas indecifráveis...
velhos sonhos carcomidos...
puídas esperanças...
o tic-tac do relógio,
impertinente, quase rude...
 
Não me magoe, por favor!
A melhor parte,
o que sobrou de mim, morrerá,
se você me magoar...
 
Ciducha Seefelder
 
 
 

Saiba mais…
CPP