PROSA POÉTICA EU QUERO

              

                  PROSA POÉTICA

                                          EU QUERO

                                                                                  

                      

 

    Quero a serenidade de um lago azul tranqüilo.

    Quero a beleza de um céu sem nuvens. Quero que meus olhos tenham o brilho das estrelas. Que eu tenha a pureza das águas límpidas das cachoeiras.    

   Quero ter a ternura de um pássaro alimentando os filhotes.

   Já percorri muitos caminhos. Trilhei muitas estradas. Umas tortuosas, outras pedregosas. Já escalei montanhas e escorreguei na descida. Já enfrentei muitas batalhas e travei muitas lutas, algumas inglórias. Já subi e desci muitas escadas. Já atravessei os mares e visitei lindos lugares. Já ultrapassei muitos desafios. Já penetrei num túnel, quase fui tragado pela escuridão. Graças a uma luz mágica venci mais esta travessia.

     A vida é um presente do Criador. Içamos as velas do nosso barco para a grande viagem. Depende de nós a direção que dermos a ele. Se formos bons timoneiros ele não soçobrará.

    Quero velejar em busca do Amor e da Paz.

    Quero contribuir para um mundo melhor.

    Quero voar nas assa de uma gaivota em busca da liberdade.

 

                          Suely Braga

        Osório, 27/02/2011

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Sobre

Ainda que vivendo "um dia de cada dia", acabamos, muitos de nós, a não perceber que o Mundo Gira... O relógio do tempo não para... E assim, pela correria do dia-a-dia, deixamos de brincar com os Filhos que crescem...

Deixamos de dizer aos Avós, Pais, Filhos, Netos, Amigos, Semelhantes outros o quanto dependemos uns dos outros... Que vivemos em função da existência do outro...

E... Nos esquecemos de Homenagea-los, seja com u'a singela Flor (a qualquer dia, e não apenas em seus Nívers)... - Seja com um "Alô - CVV = Como Vai Você! - Seja com um Mimo por mais singelo, em forma de Poesia.

É neste sentido, que este Blog - sem cronologia de tempo, visa deixar aos Poetas da Casa, Mimos a eles destinados, sem a preocupação da retórica... da semântica... SIM com a preocupação unica e prioritária de dizer de Algum Modo: CVV - TA = Como Vai Você - Te Amo!!!

CPP - Todos Nós

(( em constructo ))

SSOQA

SSOQA (construindo...)

CPP