De Voltar (Jose Eduardo Martins)

DE VOLTAR ( Jose Eduardo Martins )

 

Saiu da terra veio cantando

Na trilha da fazenda

 Veio cantando a moda nova

Que aprendeu no ultimo rasta pe'

Na estrada grande veio de caminhao

Procurando a de ferro

Olhou pra tras e viu longe o sertao

E foi voando para o sul

........................................................

Sonhar

Com o mar

Rio

.........................................................

Chegou e sentiu grande emoçao

Como ninguem sentiu no mundo

Olhou firme pro grande arranha ce'u

E disse : "Seu cume eu vou tocar"

Pegou o pouco que era tudo o que tinha

Que ficou anos a juntar

Meteu-se no meio dessa gente

Cantou o canto alto de carcara'

.......................................................

E derrepente viu-se envolto por um manto negro

Vindo aqui do sul

Nao veio do norte

Nao veio de cima

So' veio de baixo e de cada um

E viu a morte

E viu o escuro

O frio

O sol quadrado da prisao

E aquela vontade de chorar

De voltar

...............................................................................

Volto pra casa

Volto pro meu amor

Volto pra trilha

Pro trem de ferro

Volto pra casinha branca da fazenda

Volto pra poder cantar

Poder cantar

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Zeduardo Martins youtube google

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP