Gestores

Despedir

8832682094?profile=RESIZE_710x

 

Despedir
.
Despeço-me dos anos idos de outrora
Onde ficaram as marcas das labutas
Encravadas na carne, no imo da alma.
.
Deixo o tempo levar minhas dores, minhas feridas.
.
Despeço-me das noites insones, das lágrimas vertidas
De dias sem esperança, de amores descabidos,
Das vestes rotas de uma vida iníqua, débil.
.
Deixo a vida seguir seu rumo, trilho o agora, nada mais.
.
Maria Angélica de Oliveira 

Indriso Mote Edith : "Deixo o tempo levar minhas dores"

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

Angélica

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP