Inspirações

ENCANTO-ME... ENCANTA-ME...

 

Encanto-me com a fragilidade das rosas,
Com o som rouco da tua voz ao me chamar,
Com teus beijos a furtar minhas horas,
Quando te acolho nas minhas mornas águas.

Ah! Como meu corpo  amolece ao te pensar...
Como é bom recordar cada detalhe de nós dois,
Teus beijos famintos, teus olhos afetivos a me olhar,
Nossos corpos desarrumando os lençóis.

Encanta-me o soar do meu gemer no teu encaixe firme,
A forma como meu corpo se amolda ao teu.
Sendo eu tão menor que você, tu me cabes...
E, eu sem medo remexo, me encaixo no meu e teu.

Encanto-me com a saliva que em te desliza,
Em ter teu mastro aturado nos lábios entreabertos
A saborear a seiva que pinga, mela, zanza na pele lisa.
Encanta-me te ver querendo sufocar teus berros...
Encanta-me existir dentro dos teus reais sonhos.

Luly Diniz.
16/09/18.

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Luly Diniz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

  • Belo e intenso 

    Parabéns amada

    Paz e luz 

    • Obrigada Ana Lucia, é com imenso prazer que recebo seu comentário,

      feliz e perfeita semana.

      Beijos com minha estima,

      Luly

This reply was deleted.
CPP