Fernando e Paula o inesperado aconteceu

Fernando e Paula o inesperado aconteceu

7824540466?profile=RESIZE_400xÉra uma vez uma donzela que morava no mesmo bairro que eu ,estudamos na mesma escola,e cada um seguiu rumos diferentes.me tornei um empresário milionário,e a minha colega apenas conseguiu trabalhar na biblioteca.seu nome paula e o meu fernando.infelizmente a mãe de paula morreu e seu pai trabalhava muito e uma outra mulher conheceu,uma viuva com duas filhas.tanto a mulher como suas filhas pareciam um encanto.mas a vida de paula ficou ruim.passados alguns anos seu pai também morreu.e sua madrasta maldosa todo serviço da casa lhe deu.suas meias irmãs eram ruins e tudo faziam para maltratar a pobre coitada.eu fernando resolvi dar uma festa a carater,onde todos os convidados alem de irem a trage a rigor tinham em mãos o convite.e a festa começou e tudo estava indo bem.das garotas de nenhuma gostei.todo o povo convidado eram ricos com certeza.tava chatedo, queria que a festa logo acabasse, mas se apresentou uma moça que meus olhos encantou,os seguranças da festa a sua entrada barrou,fui chegando depressa e falei, deixa a moça entrar,e começamos a dançar.meio esquisito quando deu meia noite a moça saiu correndo e veio a tropeçar.logo a moça sumiu e eu não fiquei sabendo quem éra, apenas um sapato plastico transparente ficou caido no chão,abaixei e peguei.e por muitos dias por esta moça procurei.me veio a vontade de ir na biblioteca para consultar sobre assuntos referentes a finanças.fui entrando na biblioteca e uma moça que estava colocando um livro no lugar,perguntei preciso ler um livro sobre finanças,ela se virou de frente e quase desmaiei,por acaso o seu nome é paula, ela confirmou, falei voce lembra de mim e não ela afirmou.sou fernando estudamos na escola juntos.ela ficou uns segundos parada e me falou, estou me lembrando.nossa já fazem bastante tempo.depois de ter lido o livro a ela entreguei,convidei para tomar um café na esquina, ela me falou não posso sair agora, se não vou ser despedida.falei espera um pouco e na gerencia me identifiquei,e com paula ao cafe fomos tomar.conversamos e lhe falei,teve uma festa em casa,conheci uma moça que saiu correndo,ela se parecesse muito com voce.paula falou, não era eu não, sou pobre e vivo no mesmo bairro ainda.perguntei para ela se podia olhar a sua sandalia, ela concordou,pedi que tirasse,e da minha pasta retirei um sapato plastico e em seu pe coloquei,serviu direitinho.ela falou não pode ser possivel,agora estou me lembrando,naquela festa luxuosa nos dançamos.perguntei porque quando deu meia noite voce saiu correndo, paula me respondeu minha madrasta e minhas meia irmã me maltratam e me batem se eu chego depois das 20:00 horas em casa.ouvi minha madrasta falar para minhas meias irmãs se arrumarem pois na festa iam tentar arrumar alguem rico, ate minha madrasta tambem foi para tentar encontrar um homem rico para o golpe dar.alem de bibliotecária tambem sou costureira, fiz o vestido,e só tinha aquele par de sapatos novos de plastico transparente, mas mesmo assim na festa tentei entrar,me pediram o convite e ja ia indo embora quando o dono da festa mandou entrar,eu não te reconheci e nem voce me reconheceu.bom vou voltar para biblioteca pois meu chefe apenas uma hora me deu.fernando segura a mão de paula e fala que prometeu que ao encontrar a moça tal,ia pedir em casamento.e assim casaram e viveram felizes para sempre.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Bela história! Parabéns Davi!

    • Angelica

      obrigado

      a gente faz de tudo para escrever ou reescrever uma história

      Davi/Guardião do amor

This reply was deleted.
CPP