Flor Vermelha

Flor Vermelha

Flor Vermelha

Dá-me a tua flor vermelha, orvalhada, macia, tenra, aveludada, mais bela do que simples, no entanto, quero vermelha da cor do sangue do coração - símbolo da nossa paixão é uma centelha, um pingo de sangue que jorra do meu coração...

Dá-me a tua flor vermelha, pois, esta flor vermelha é como rouxinol cantando docemente, picando com o bico o próprio peito, fazendo sangrar o solo, sangrando a alma e o coração...

Dá-me a tua flor vermelha, enquanto o rouxinol canta e, cantará eternamente, o nosso amor, dá-me esta flor vermelha, quantas vezes eu pedir - de noite, de madrugada, ao amanhecer, ao meio dia ou, em qualquer hora do dia - dá-me a tua flor vermelha...

#JoaoCarreiraPoeta

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

joao carreira

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Poeta João sublime e bela

    poesia de amor meus aplausos...

    • Aplausos recebidos, volte sempre minha amiga artista das letras.

  • Gestores

    14330867?profile=RESIZE_710x

    • Boa noite Marso, mais uma obrigado pela visita.

This reply was deleted.
CPP