NO DESPERTAR DO SONHO

 

NO DESPERTAR DO SONHO

 

 

Gostava de ficar à beira mar
A ver a lua nua e seus mistérios
Contigo, bem juntinho, a te abraçar
Em poses de carinhos bons e sérios

 


Um beijo e um sorriso a navegar
E ambos bem imersos nos impérios
Que os beijos tanto levam a sonhar...
Em globos e até mesmo em planisférios

 


A ti quero-te simples e singela
Contudo com fulgor como uma estrela
E a força de um vulcão que espalha a lava

 


Surgiste-me esta noite linda e bela
Deixaste-me um poema, uma aquarela
Quando a sonhar contigo me encontrava.

 

Joaquim Sustelo

(EDITADO)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP