Inspirações

Outrora coloridos

3305450651?profile=RESIZE_710xOutrora coloridos

As dúvidas rotineiras de uma estrada
tiraram meu sono, vi clarear o dia.
Quantas vezes, triste, cabeça cansada
aos outros não demonstrei alegria.

Na verdade, eu estava com tanto medo
com conflitos que não se resolvia
apenas com o estalar dos dedos.
Isso causava-me melancolia.

Eu pensava ser fácil viver só.
Que a vida não era tão complicada.
Dilemas, não fosse atado com nó.
Viesse quando se está desguardada
desmoronando o sonho sem ter dó.

Os dias outrora coloridos… Bons
explodem como bolhas de sabão.
Abate como açoite o pobre coração
levando pra sempre toda ilusão.

As dúvidas aparecem sem solução;
A estrada torna-se mais comprida.
Nas madrugadas a vil solidão
traz saudade da pessoa querida.
Márcia A Mancebo
15/06/19

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • 3609976?profile=RESIZE_710x

    • Obrigada, Marsoalex!

      Bjs

  • Adm

    Penso que a solidão não é ruim, entretanto se em meio  a tantos houver aquela dor no peito que renda a alma, então é preciso buscar a causa.

    Lindo poema.

    Aplausos!

    • Obrigada querida amiga pela visita e comentário.  Bjs

This reply was deleted.
CPP