Pois é...

Lembra o que o padre nos disse
A gente ali diante do altar
Mãozinhas dadas e ajoelhados
Os dois, jurando se amar

Tão mágico foi aquele momento
Como explicar o que eu senti
O duro é ver que tudo não passou
De uma grande mentira, enfim...

Os gastos, convidados, festa
E todo aquele amor por mim
Evaporou, virou fumaça, ou
Foi pelo ralo junto com o xixi

E quanto ao nosso casamento
Um ano, sei lá, alguns meses
Porem, hoje parece um século
Você já se casou três vezes

Pois é...

 

 
(Petronio)
 
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP