TEMPO DE BRUMA

TEMPO DE BRUMA

 
Quando o sol se põe
Mais cedo que a hora,
Quando até nem nasce
E há sempre bruma,
Só a dor compõe
A alma que chora;
E a vida desfaz-se
No tempo que esfuma

 
Mais cedo que a hora
A noite vem fria;
Telhados de vento,
Bancos de jardim...
A alma se escora
Aguardando um dia
Que traga um alento
Que à dor ponha fim

 
Quando até nem nasce
A esp'rança que acalma
Nas noites que param
Ao frio, ao relento,
O corpo desfaz-se
Entristece a alma
As feridas não saram
Por fora e por dentro

  

E há sempre bruma
No espaço em redor;
Mentem os que falam
Dum mundo-harmonia;
(Palavras de alguma
Sebenta de cor
Mas que não embalam,
Trazendo apatia)

 
Só a dor compõe
Quem a dor só sente;
E crescem nos guetos
A raiva, a revolta...
Não vai lá ninguém
Que seja "outra gente"
Há receios, medos,
E nada os escolta

 
À alma que chora
Com falta de tudo,
De cama, de pão,
De roupa mais quente,
Ao corpo lhe aflora
Por vezes veludo,
- Têm coração
Que ama e que sente

 
E a vida desfaz-se
No tempo que passa...
A estrada é cinzenta
Não mostra equidade;
Como iguais se nasce,
Como igual se abraça,
Porque não se inventa
Maior igualdade?

 
No tempo que esfuma
Que se dê a mão!
O rico, em impostos,
Dê mais afinal
Que a Terra é só uma
E todo é irmão:
De dif'rentes rostos
Mas de olhar igual.

  

Joaquim Sustelo
(editado em CAMINHOS DA VIDA)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Olá Joaquim:

    Quando a alma realmente procura vivenciar tudo o que é belo, nos toca fundo o coração apaixonado.

    Lindo poema

    Parabéns

    JC Bridon

  • Um poema Reflexivo bem delineado poeticamente na temática.

    Belíssima inspiração e bela Poesia de Excelência.

    Que a bruma seja mais transparente e amiga das desigualdades deste mundo.

    Parabéns amigo Joaquim Susteio

    Abraços de Antonio Domingos 

    • Muitíssimo obrigado pela apreciação, amigo Antônio Domingos.

      Um abraço 

  • Maravilhoso!!! Parabéns, Joaquim!

    DESTACADO

    Um abraço 

This reply was deleted.
CPP