Poesias

Fonte de Vida

Admirável na sua fluidez

Pela natureza a ti atribuída

Escoa no leito rochoso e íngreme

Na terra já tão condoída...

 

Entre cascalhos e rochas

Vens com pureza altaneira

És fonte de vida dos nômades

E das populações pantaneiras

  

Lá do céu,vê-se sua coloração azul

Nas marés ou placidamente adormecida

Recobre nosso imenso planeta de Norte a Sul

Purifica o corpo e como benção batiza a Vida!

Lilian Ferraz - 07 /02/2017

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Lilian Ferraz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Congratulações pelo sua aptidão e pelo empenho literário nessa casa. Agradeço seu comentário na homenagem feita pelo poeta Ilario a minha pessoa.

  • Aguas que choram, pois estão sento destruídas, elevadas de uma maneira que o mundo grita por ti, o nosso universo ainda faltará ti

    • Oi Safira!Amei !!! Ficou lindo demais.Muito obrigada.Abraços

  • Relendo e reaplaudindo teu lindo poema! Bjs

    • Muito grata sempre.Bjs

  • Parabéns, poetisa, poema lindo, Adorei. abraços, paz e Luz!!!

    • Agradeço a gentil visita !Abraços

    • Oi,cara poetisa!Uma honra  sua visita!Abraços

This reply was deleted.
CPP