Doce Encanto

Naquele dia eles se encontraram no mesmo lugar
Local predileto que na infância, costumavam brincar
Na adolescência era ali que trocavam confidências
E se colocavam a admirar
Aquele lindo horizonte...
Que estava prestes a testemunhar
O surgimento de um novo sentimento
Pois naquela tarde, ele estava disposto a revelar
Ela pressentindo algo, se pôs a enfeitar-se
Colocou o mais belo vestido 
Se dirigiu até aquele imenso campo florido
Para encontrar o seu amigo
Ele munido da mais bela flor já estava a lhe aguardar
Quando de longe a avistou, sorriu com o olhar
A medida que dela se aproximava, o coração disparava
E naquele momento da sua boca 
Não saiu sequer, uma só palavra
Ela o abraçou encostando a cabeça em seu peito
Ele lhe acariciou, levou suavemente a mão em seu queixo
Eis, que a magia acontece
Nesse momento seus lábios se encontram...
Doce encanto do primeiro beijo

Everaldo Magalhães

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • NOSSA - Poeta Everaldo Magalhães...

    Tua Poesia em forma de Conto - tão pertinente com a Imagem, 

    ainda se deu ao luxo (romantico luxo) do Gran Finale com um Beijo!!

    NOSSOS CALOROSOS APLAUSOS! 

    CPP - G

    • <p>CPP quando me deparei com esse comentário, fiquei imensamente feliz, esse espaço tem sido de grande aprendizagem<br/>grato pelo acolhimento e carinho que tenho recebido desde que ingressei na Casa, abraços poéticos!</p>

  • Adm

    Linda interpretação. Parabéns pela composição.

    Gostei, muito!

    • Obrigado Editth Lobato, abraços!

  • Obrigado Angélica, abraços
This reply was deleted.
CPP