Zelo

Teu beijo meus lábios corteja,

Neste olhar que me ama,

Este pulsar que me alcança,

Ao te ofertar estar flor tão bela,

Colhida na primavera do teu desejo.

Aqui neste singular paraíso,

Te dou meu coração cortês,

Reverência a tua fidelidade,

Nobre amor que me cativa,

No gesto enamorado do seu querer.

Cantam os pássaros ao meu contento,

Poesia sublime da sua doçura,

Que repleta de encantos,

Corre aos meu braços,

Dizendo te amo!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Lindos versos, Sirlanio! Parabéns!

This reply was deleted.
CPP