Poesias

Laços de irmãos

Poema para o meu irmão
Carlos Alberto de coração
Do seu irmão Hilton Rubens

Laços de irmãos

Meu irmão, meu amigo.

O meu mais próximo amigo

És a estrela perdida que ilumina

Os nossos laços

O brilho que reluz lá no céu

 

Transformando o nosso bem querer

Em um amor contido em nossos corações

Enlaçado pela a união

Hoje prostrado na enfermidade

Com o olhar sereno brilho pequeno

Quanta falta você me faz

 

Mesmo em nosso convívio distante

Nunca deixei de pensar em você

E tão pouco te amar

É o meu único irmão

Sabemos que a vida não nos permitiu

O outro laço do nosso outro irmão

 

Que se fora tão pequeno e está

No seu paraíso sagrado com Deus pai o criador

Somos nós dois a fonte que jorra

A água sagrada e banha os nossos corações

Sobre o domínio dos teus olhos sentaremos

Em nosso jardim da união

 

Na claridade sobre a luz do perdão

Seremos forte ainda mais viajaremos pela a liberdade

Dando a força que nos agiganta o nosso solo sagrado

Os nossos laços de irmão

Que jamais será esquecido por este seu

Único irmão que te ama tanto, um grande amor.

De coração

A nossa maior riqueza não está na fortuna

É sim no laço que laceia a nossa união

Eternizado em nossos corações

Hilton Rubens

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

CPP