Poesias

Gestores

O Poeta e o Passariko

"Dissemine as Sementinhas de Amor pelas Estradas de tuas vidas!"

2057414?profile=RESIZE_480x480

............
O Poeta e o Passariko
*** *
***
Caminhava o Poeta pela Estrada
com a tristeza estampada no olhar
questionando o viver da Sociedade
e a sede de consumo sem o amar
.
Na verdade o Poeta até sonhava
viajar fora do mundo que estava
.
Nisso ouve um Passariko pequenino
que lhe diz voando ao seu lado:
- Cante ua Canção feita Poesia
que assim não ficarás agoniado
.
Mas o Poeta a cabeça então meneia
como quem já não acredita em nada
É quando o mesmo passariko assume
em sua frente a feição de ua Fada
.
Na verdade o Poeta - sem coragem -
imagina que não passa de miragem
.
A Fada então lhe sussurra ao ouvido:
- Suas Poesias cante-as como canções
e verás como de repente se dissipará
todo o sofrer e todos os teus senões
.
Na verdade o Poeta se mostra cético
e nem imagina em cantar algo poético
.
A Fada feita Passariko novamente,
pousa em seu ombro mui docemente
lendo a mente do Poeta então canta
ua Poesia dele que os males espanta
.
Nesse momento o Poeta presta atenção
Na Esperança que lhe oferece a mão!!!
*** * ***
gaDs!
*** *** *** ***


Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

"Vamos disseminar as Sementinhas de Amor pelas Estradas de nossas vidas!"

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP