Poesias

Oitavo sentido

Oitavo sentido

Sentidos aguçados, sempre

os tive, como se fossem

olhos para o invisível...

Asas sempre prontas,

rumo ao horizonte

desenhado pelos anjos!

No peito a centelha

da vida

a se expandir...

O Senhor do etéreo e do

tempo sopra cânticos em

profecia aos meus

sensíveis ouvidos, ao

amanhecer.

Ouço o clamor das horas

esperando meus passos

caminharem para ti,

teu coração em

sobressalto...

Veja, meu amor

é chegado o nosso

baile...

É a nossa música,

nossa dança!

Maktub.

Eneida Cristinna

07/03/2016

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • São os sentidos do ser humano, juntos aos sentidos da alma!!!

    O oitavo, é o sentido, o desejo do encontro espiritual!!!

    Amei!!!

    Aplausos e beijos fraternos!!!

    • Gratidão pela visita, querido poeta e amigo
    • Ok...

      ...e esperando seu regresso!!!received_857719221059292.gif

  • São de infinita maestria os seus versos, Eneida,

    grande beijo.

    • Obrigada, querido poeta Adriano
  • Maravilhoso poetisa aplauso excelente
    • Obrigada, Meire. Bom dia, amiga poetisa
  • Quem dera que todos os mortais, ao invés de fazer táticas de guerras decidissem decodificar poesias como as suas!

  • reverencia.png

    • Gratidão, Samuel
This reply was deleted.
CPP