Corina - O retrato da artista

 3822935805?profile=RESIZE_710x

 

 

Corina - O retrato da artista

 

Num passado que teima em se fazer presente

Inda vejo Corina, cantora apaixonada, sedutora,

que herdara o nome de notável poetisa grega...

Eu a perdi, Corina se foi e, agora,

Resta-me, dela, tão só a figura sonhadora

Da artista, a bailar suavemente -

Ao som de um bandoneon imaginário -

O nosso tango incompleto, inacabado.

 

E vivo meus dias a fitar de Corina o retrato;

Não é tão só um desenho, um pergaminho

Ou uma simples estampa envelhecida:

É sim o que me encantou, me conquistou

E trouxe à minha vida mais graça, um sentido...

Retorno o olhar saudoso e me encanta na gravura,

A silhueta de Corina refletida em qualquer objeto,

Num quarto de hotel, numa cabine fotográfica,

Nalgum provador de roupa masculino,

Onde me abraça, tão meiga,

Protegida da maldade por simples cortinas,

Fugidia à inveja, longe da insensatez.

 

Na fotografia já amarelecida

Pulsa ainda o romance da vida

E me torno, inda que mera fantasia,

Poético cavalheiro, garboso, elegante,

Quem sabe com discreto charme, ou inebriante,

Que fez Corina, em devaneio, sonhar!

 

 

pedro avellar

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

    • Maravilha de inspiração. Show! Parabéns 
  • Gestores

    Encantada com teus versos!! Parabéns Pedro!! 

  • Gestores Adm

    Que lindeza de leitura da imagem.

    O enredo foi construído lindamente.

    Aplausos, poeta Pedro.

    • Muito grato, Edith, sempre tão gentil.

This reply was deleted.
CPP