Harmonia

3556660055?profile=RESIZE_710x

Harmonia


Sentindo na noite uma brisa amena.
Suavemente, as mãos atingem o céu.
A venda nos olhos não me faz pequena
e os pensamentos os, solto ao léu.

Com zelo ao tocar na imensidão
sinto um manto meu corpo, cobrir.
Sem impedir o pulsar do coração
a emoção aparece a tremeluzir.

A lua e o Sol emanam vibrações 
Deusa do mundo por alguns momentos
com a mente tomada por sensações 
faço o que intui o meu pensamento.

Sentada sobre pedras não fantasio,
acalento na mente um desejo.
Pois, sei, que esses astros têm poderio
satisfazer num instante meu ensejo.

Desejo que espalhe a paz esperada.
Deus, seja reconhecido às nações
que povos, vejam Sua face estampada
nos belos cânticos e nas orações.

Ali, sentindo esvaírem as folhas,
meu Ser orante clama em agonia
ao ver que a humanidade nada olha.
Desperte e peça ao universo, harmonia.
Márcia A Mancebo
14/09/19.

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Poesia com visão universalista e espiritualista - não é disso mesmo que o mundo precisa, que nóstodos precisamos?
    Um prazer ler esses seus versos, Márcia!

    •  

      Obrigada caro amigo.

      Abraço

       

       

  • Tudo o que a poetisa Márcia faz coloca a sua alma, e o faz com exímio sempre! Gosto de observar a forma como escreve, das coisas que vem da alma, com naturalidade e emoção. A gente sente energia quando saboreia a leitura. Mais uma vez, cumprimentos!

    • Obrigada querido amigo. 

      Bjs 

  • Arte belíssima. 

    Obrigada!

  • Gestores

    3403600142?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.
CPP